Um Time

Você gestor que sabe que existe um puxa-saco dentro da sua equipe trate de imediatamente cortar qualquer laço com esse ser. Ele pode até seguir na equipe mas é exatamente igual a qualquer outro membro. Eis o primeiro segredo para formar times vencedores.

#47-UmTime

Os desafios de gestão de equipes cruzam os tempos e sempre estão a determinar o desempenho das equipes. Podemos verificar que até no tempo de Cristo não houve lealdade dentro do grupo, que resultou em negação e traição.

Na vida corporativa das empresas os dilemas são inúmeros. A grande maioria dos líderes que afirma, aos quatro ventos, não gostar de puxa-sacos, na verdade, gosta muito. Nesse ponto reside um dos maiores problemas da gestão de equipes e a culpa é unicamente sua, “amado mestre”.

A existência de puxa-sacos é a maior causadora de desunião de um time. As pessoas sabem que não podem falar abertamente sobre determinados assuntos e isso vai diminuir a troca de ideias, e, por consequência, a união de um time. Agora algumas dicas para ter a equipe na sua mão e um time coeso:

Ao assumir uma nova função, advindo de promoção direta dentro do mesmo setor, obviamente sendo promovido por méritos, você já sabe quem são as ovelhas negras dentro do seu setor, sendo assim, nos primeiros três meses coloque o puxa-saco em seu devido lugar, ou, até mesmo, demita-o. Ao demitir um desses seres o sinal está claro a todos os aspirantes a puxa-saco;

O tratamento entre as pessoas deve ser igualitário. Mesmo aquele profissional de menor desempenho deve ter acesso ao líder com certa frequência;

Oportunidade dada a um é dada a todos. Se a empresa premia alguns profissionais sem critérios claros, com o tempo, todos devem ser premiados. Não dá para, hora dar alguma coisa para um, e não para outro. Se quiser privilegiar somente os melhores, crie ferramentas de análise de desempenho e deixe claro a todos como vai funcionar a seleção; e, por final,

Jamais misture sua vida pessoal com a profissional. Amigos, amigos, negócios à parte, já diz um ditado muito antigo. No Brasil, onde a ampla maioria das empresas são familiares, existe uma linha muito tênue entre amigos e profissionais que realmente merecem o espaço.

O time coeso vence desafios. Ao entender que não existe distinção entre as pessoas o desempenho da equipe cresce. As pessoas repartem informações e buscam o crescimento mútuo. Pense nisso. Raramente vemos jogadores extraordinários com um time medíocre ganharem campeonatos. Agora, já vimos jogadores medianos, com espírito de time vencedor, alcançarem feitos extraordinários.

Durante os últimos 20 anos tenho trabalhado com equipes de vendas. Em vendas relacionamento é tudo. Se desejares conhecer 48 diferentes tipos de vendedores clique Qual Vendedor Você É? Se conhecer é o maior segredo para o sucesso de qualquer, especialmente para os vendedores.

Por: Márcio Elias Fülber

Próximo post: Cachorro de Dois Donos

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: